Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2011

Onde estará??

Imagem
Na noite eu te procuro
Na solidão do dia
No brilho de cada estrela
Debaixo de cada árvore
Atrás de cada porta
Em cada olhar e gesto
Faz-me tanta falta
Precisava do abraço
Da mão e do beijo
O sentir mais perto
Mas está tão longe
Queria que estivesse comigo
Procuro vagamente um sorriso
Sorriso que eu tanto amo
Nem precisaria dizer nada
Ficaríamos no silêncio, na escuridão
Onde tudo se desvenda...


Mais desabafos

Imagem
Em algumas ocasiões certas palavras, certas atitudes mais ou menos encenadas, sempre prontas a fazer germinar piedade nos outros, deixa-me pensativa. Vidas arrumadas de alguns, sem desvios, sem quedas. Não somos perfeitos e, além disso, o que sabem das nossas vidas, dos nossos sonhos, das nossas perdas, dos nossos sentir?
A maior parte das pessoas que nos rodeiam; para não falar daquelas que nem sequer nos conhecem e que são, quase sempre, as mais hábeis no manejo da falta de valores para nos acusarem, para nos magoarem, não têm consciência de que nada sabem de nós. Ninguém sabe de ninguém. Não somos histórias contadas em cinco minutos. Assim, não deveria ser possível condenar alguém a uma pena perpétua apenas porque ouvimos uma versão rápida de uma estória, quantas vezes recriadas pelas nossas frustrações não assumidas.
Sim, é verdade, tenho medo. Fujo de tudo o que não posso controlar. Vivemos num tempo em que ninguém diz “eu” com todas as letras, mas diz “eu” em todas as entrelinh…

Invisível aos olhos

Imagem
Olhei para ele. Ele não retribuiu o olhar. Há muito que o meu olhar deixara de prender o dele. De cativá-lo. O silêncio que se instalou na sala por muito tempo tinha o efeito de uma faca cortante. Continuei a olhá-lo, tentando motivar um foco de atenção. Porém, faltava algo. Era como se já não o conhecesse. E, no entanto, naquele momento, naquela sala, estavam encerradas duas vidas. Apenas já não se cruzavam. Já não tinha nada a ver um com o outro. Era como se uma porta tivesse aberto e um vento fortíssimo a tivesse separado irremediavelmente. Não é possível mudar o destino, sobretudo, quando não se quer. Não se vivem histórias. São as histórias que nos possuem e não nos é dado o direito escolher finais. Pelo menos, não escolhi aquele. Nem ele, talvez. O sentimento amargo da memória não largava, não dava paz, e continuava a fitá-lo, demorada e insistentemente, olhando também para dentro de mim. O que escapou? A sua relação, outrora tão sólida, era, presentemente, mais fina do que um co…

É cobra não é gente, não...

Imagem
Boitatá
É um Monstro com olhos de fogo, enormes, de dia é quase cego, à noite vê tudo. Diz a lenda que o Boitatá era uma espécie de cobra e foi o único sobrevivente de um grande dilúvio que cobriu a terra. Para escapar ele entrou num buraco e lá ficou no escuro, assim, seus olhos cresceram. Desde então anda pelos campos em busca de restos de animais. Algumas vezes, assume a forma de uma cobra com os olhos flamejantes do tamanho de sua cabeça e persegue os viajantes noturnos. Às vezes ele é visto como um facho cintilante de fogo correndo de um lado para outro da mata. Dizem ainda que ele é o espírito de gente ruim ou almas penadas, e por onde passa, vai tocando fogo nos campos. O nome Boitatá é uma palavra de origem indígena, seu significado é: boia = cobra, e atatá = fogo, uma grande Cobra, transparente que incandescia como se estivesse queimando por dentro. É um fogo de cor azul-amarelado, que não queima o mato seco e nem tampouco esquenta a água dos rios, o fogo simplesmente rola, gi…

Antes que eu te esqueça...

Certas vezes na vida, queremos tanto algo que ficamos cegos, não percebemos a realidade. Fórmulas para o amor, não existe. Ele nasce ou não. Amor não se escolhe, amor se vive. Lutar por aquilo que ama é fundamental; saber perder é nobre. Aceitar a derrota e partir para outra é, muitas vezes, a única opção.
O ser humano é composto por sentimentos, mas também de razão. E entre esta e aquela, prefira a segunda. Porém, o amor é fundamental. Deixe por conta do destino, mais cedo ou mais tarde o amor esbarra em você, quando você menos esperar estará vivendo um grande amor. Não perca tempo perseguindo o que te é negado. Deixe os sonhos românticos por conta do acaso. Afinal, "Não precisa correr tanto; o que tiver de ser seu às mãos lhe dará”, ou seja, se tiver que ser, será.

Sussuros da Alma

Imagem
No silêncio reinante da escuridão  Ouço as batidas do meu coração  Os sussurros tímidos da minha alma...  Conta-me histórias de alegria ou solidão  Mágoa dos amigos de sempre ou simples  Estranhos que jamais cruzarão o meu caminho  Sonhos deslizam no manto estrelado da magia  Encontro no sono o que a vida me nega acordada  Observo a cidade que dança vibrante  Na sua folia e vejo pessoas comuns  Com vidas regradas e sonhos simples  Querem escapar à dor que os consome...  Como loucos vagueiam pela vida  A procura de um sentido que só a eles ilude...  Esquecem que as palavras
 São inúteis a quem sente com a alma  Com o sonho, com cada centímetro
 De pele e cada pedaço de amor....

As amarras se soltaram

Imagem
Acho que finalmente vou ser capaz de deixa-lo partir. Chorar o passado não me levará jamais a lugar algum. A vida é como um rio que corre sempre na mesma direção sem jamais ir para trás. Na vida conhecemos inúmeras pessoas que ora me são especiais ora desempenham um papel de figurantes nos meus dias. Houve uma altura em que você quis o papel principal nesta peça de teatro em que eu serei a eterna protagonista e também já houve um tempo em que eu quis que o fosse. Infelizmente não coincidiram. O ato chegou ao fim, à cortina caiu e a peça acabou sem palmas para você. E eu, preocupada com a falta que você me fez, não dei pelos aplausos de quem permanecera comigo. A vida é feita de ciclos e, por isso, às vezes também existe gente que regressa com a corrente. Como não entendo muitas vezes porque soltam as amarras quando partem, também não compreendo o porquê de voltarem. E o certo é que, de momento, não me interessa. O que eu sei é que, aos poucos, estas pessoas e outras novas vão ocupando o…

Ilha das Bonecas

Imagem
Olhando essa foto me veio na memória os meus tempos de menina. As bonecas eram assim, o semblante às vezes meio que assustador e outras com o semblante doce. Mas essas era para crianças com o poder aquisitivo mais elevado, eu apenas sonhava em ter uma, mas só realizei mesmo já adulta. Deparei-me hoje com um documentário sobre uma “Ilha das bonecas” achei interessante, porém um pouco tétrico, mas para quem gosta... A ilha das Bonecas ou também conhecida como a ilha das bonecas MORTAS, é uma ilha no México com bonecas por todos os lados, presas nas árvores, empaladas em gravetos ou enforcadas nas casas... Nessa ilha morreu uma garota afogada em 1951 num canal da ilha. Os moradores da ilha acreditam que o espírito da garota continue por lá. O florista Julián Santana Barrera tem certeza... Julián afirma que a garota o perturbava e descobriu uma forma de afastar o espírito dela, prendeu bonecas nas árvores e na casa dele. Logo todos os moradores começaram a pendurar bonecas nas árvores com med…

Preço da idade

Imagem
Sem inspiração, muito frio por aqui e ainda para completar me arrumei uma dor de ouvido, só vim mesmo para não passar em branco esse dia. Tenho um texto aqui, achei interessante e vou postá-lo.
Um grande preço que pode se pagar pela idade: - Não é a aparência menos jovem ou menos bela, mas sim o peso da inconformação com isso. - Não é olhar para trás e ver que muito se perdeu por lá, mas deixar de notar o quanto se pode ganhar no "já". - Não é ter alguns movimentos limitados por ela, mas sim não perceber que a vida continua em movimento contínuo e equilibrado para cada fase de si mesma. - Não é ser rejeitado pelos mais jovens, mas sim esquecer das vantagens que a experiência e a vivência sempre trazem. - Não é ser esquecido em convites para festinhas de "embalo", mas sim ignorar que é sempre tempo para se fazer da vida uma festa. - Não é a tão freqüente ausência de romantismo, mas sim a descrença no amor, que não escolhe tempo. - Não é a frustração de ver-se excluído da ch…

Mar, vento e tempo

Pare e escute o mar. O som das ondas quebrando. Quando estou longe do mar, eu guardo uma concha, vou à varanda deixo que o vento acaricie a face e brinque com meus cabelos. Coloco a concha ao meu ouvido e escuto o som do mar, sinto como se o mar estivesse a poucos metros de meu corpo e imagino o voo das gaivotas mergulhando livre pelo mar. Deixe que o mar lhe diga. Somente as ondas do mar podem ensinar e dizer o que não quer ouvir e enxergar...

Escute o que o vento lhe diz
Ele esta gritando neste instante Existe algum lugar
Onde a dor fique de fora
Porque o agora nos pertence
Então venha, eu te proponho
Sentir a beleza e a euforia
De transformar seus sonhos em poesia...

Estrada

Imagem
Infinita, torturante, cheia de tristeza Um corpo gélido, inerte, morto Lá estava ele, descansando dos Fracassos da vida, do seu amor Que nunca fora correspondido Parasita no mundo, mas ele me amava Ah! Amor que grande ironia a sua Carregar sobre uma alma inconciente Eu desconhecendo a razão da sua insistência Feria mais e mais a sua alma, até a morte Cada passo que se afundava na areia Deixava marcas de sua angústia No crepúsculo da noite seu olhar Perdia-se sobre o mar e logo mais ele O que restara da vida? Antes tivesse feito a sua felicidade Do que a minha tristeza Agora bem maior que a sua...

Dor

Alguns textos têm histórias, eles foram feitos bem lá atrás. Já estão bem amarelados e essa dor já se foi. Dê valor a quem te ama. Guarde os bons momentos, jogue fora as ofensas. Viva cada dia como se fosse o último. Não tente entender o mundo nem as pessoas, é perda de tempo. Apenas viva e sorria. Permita que a felicidade entre na sua vida, e não deixe que ela vá embora. Sempre bom ficar atento aquilo que nos cativa, podemos nos enganar.
Deixei que meus pés sangrassem
Porque eu tinha pressa
Mas porque eu tinha pressa O tempo parou e eu passei Deixa-me descansar O tempo correu e eu tropecei Se vim do pó, porque eu sangro Essa dor que não me deixa Algo aperta, comprimi, machuca Quero gritar e não consigo Apenas sinto as lágrimas Deslizar em minha face Ah! Dor tu me deixe descansar...

Caixinha

Imagem
Minha mãe sempre conta que quando eu era pequena (não mudei muito) ela me colocava dentro de uma caixa e ali eu ficava por horas, isso porque eu fiquei muito doente e quase fui dessa pra melhor, ela dizia que eu estava muito fraca e como ela precisava lidar com a casa fazia isso para me ter sempre perto dela.
Dentro de uma caixinha Ficava toda encolhidinha... Vai-te embora e me deixe Quero ficar sozinha Quero ficar com os meus bichos Eles não me farão mal Agora você humano, sim Por suas mãos Eu já me feri Deixe-me aqui com meus bichos Eles escutam a minha dor Eles curam as minhas feridas Vai-te embora humano Deixa-me em minha caixinha Mesmo que encolhidinha Eu estou bem quentinha Vai-te embora não quero sair A caixinha é minha amiga Meus bichos a minha alegria Talvez eu saia à luz do dia Para a minha agonia Porque eu não quero deixar Meus bichos e nem a caixinha

Desculpas

Imagem
Peço desculpas as pessoas que responderam meus posts dos dias 11 e 12, blogger teve um problema e consequentemente sumiram esses dois posts. Espero que me devolvam, mas se não acontecer paciência né? Hoje sem cabeça para postar alguma coisa, estou profundamente chateada com essa situação. Espero que todos que foram prejudicados com essa situação sejam ressarcidos desse prejuízo, pois muitos se utilizam do blog para trabalho.
(Os posts foram devolvidos, porém sem os comentários)


Pé esquerdo

Hoje acordei com o pé esquerdo, depois o youtube acabou de entortar, então eu vou encerrar destilando meu veneno... Venho de uns anos para cá, observando e analisando alguns fatos, onde eu me revolto mais e mais a cada dia. Têm hora as vezes que a minha vontade é de engolir vivo (a), gritar, mas eu sou tão estúpida que apenas consigo chorar. As atitudes daqueles (as) que se julgam verdadeiros, agora eu me pergunto: “O que é ser verdadeiro?” Vocês mentem tão bem... Poderia vomitar tudo aqui, mas não vou ganhar absolutamente nada com isso, apenas me torturar e me infestar de tanta podridão. Já escrevi por várias vezes que não sou perfeita e nem tão pouco santa, mas diante de tudo o que vi e vejo, não estou muito longe de o ser... Mas é revoltante, nojento, asqueroso, sórdido e outros adjetivos mais... Cada vez mais eu me distancio disso aqui tudo. Quando entrei para esse Mundo virtual, achei tão bom, interessante conhecer pessoas de outros lugares, países. Nada do que fala me atinge e pode …

Eu...Apenas

Imagem
Eu e a chuva lá fora
Eu e um céu sem estrelas
Eu e nenhum horizonte
Frustrei um pensamento
A madrugada seguiu
Senti aves dançando no meu céu
Ao vento forte que chegou
Fugi do meu mundo por segundos
Lindo o que vi e senti
A vida passa e alguns a olham
Pensam saber algo sobre ela
Não sabem nada
Nem quando pensam que sim
Entrelaça-se aos outros
Assim ganha o valor que tem
Sozinha não é nada
Sozinhos seremos ninguém...

Mãe

Eram cinco, uma escadinha, e você minha mãe, era apenas uma Mas lá ia você, com cinco mamadeiras, todas na temperatura ideal Ainda hoje posso sentir o cuidado que tinha Cobria-nos e dava-nos o sono sereno, protetor e tranqüilo Lutou, sorriu, chorou Sempre aquela leoa cuidando dos seus filhotes Mesmo quando a dor, amargura, tristeza, invadia seu coração Cresci vendo os meus sonhos de criança seguirem o seu curso Me protegeu e protege os meus caminhos Não deixando que as plantas firam os meus pés Aprendi ser humana e a respeitar o humano Aprendi que humanos tem defeitos Aprendi que o amor é incondicional Sempre com você, sentindo seu amor Podia e posso ver o brilho em seus olhos Eles refletem seu amor pelos filhos Hoje sei que não tem o vigor de antes Mas mesmo assim não mudou a preocupação  Amo você minha mãe, parabéns pelo seu dia Que não é apenas hoje e sim todos os dias...

Mar

Quem sou eu senão um grande sonho obscuro em face de sonho. Senão uma grande angústia obscura em face de angústia. Quem sou eu senão a imponderável árvore dentro da noite imóvel. E cujas presas remontam ao mais triste fundo da terra? De que venho senão da eterna caminhada de uma sombra. Que se destrói à presença das fortes claridades. Mas em cujo rastro indelével repousa a face dos mistérios...

MAR (Vinícius de Moraes)
Na melancolia dos teus olhos Eu sinto a noite se inclinar E ouço as canções antigas do mar Nos frios espaços dos teus braços Eu me perco em carícias de água E durmo escutando em vão, o silêncio E anseio em teu misterioso seio Na atonia das ondas redondas Náufrago entregue ao fluxo forte da morte...

Presente

Posso caminhar por estradas nunca percorridas, posso navegar por mares tumultuados, posso me banhar na chuva, me colorir de arco - íris, flutuar nas estrelas, namorar nos lençóis de cetim, sentir a lua refletir o seu brilho em mim… tudo isso eu posso. Posso me sentir uma flor, uma rosa, uma musa, uma estrela, uma deusa… Posso mergulhar nos mares clandestinos dos amores, posso beijar bocas e sentir sabores dos beijos… Posso derreter o gelo com o fogo da paixão, posso chorar por amores perdidos e também por aqueles resolvidos… Se tudo posso, então também posso tê-lo apenas em meu coração...

Presente
O seu sorriso é um presente a lua Que junto a seu brilho, faz do amor a magia Existe distância, mas não em meu coração Nada importa na vida a não ser o que sinto Você é o ar que respiro, me dá asas para querer voar Não existia porta de entrada em meu coração Até eu encontrar você Hoje eu entrego a chave para que o abra E fique... 

Meu Destino

É fácil falar que não tem medo de escuro quando ainda está dia. É fácil falar que ama quando a pessoa está do seu lado. É muito fácil banalizar a dor dos outros quando você está com um sorriso nos lábios. É fácil julgar quando o condenado não é você. É fácil mostrar a sua opinião quando todos concordam com ela. Quero ver é ter gente com coragem e personalidade o suficiente para fazer o contrário.
(MEU DESTINO)

Nas palmas de tuas mãos Linhas cruzadas, sinuosas interferindo no teu destino Não te procurei, não me procurastes Íamos sozinhos por estradas diferentes Indiferentes, cruzamos Passavas com o fardo da vida... Corri ao teu encontro. Sorri. Falamos Esse dia foi marcado Com a pedra branca Da cabeça de um peixe E, desde então, caminhamos Juntos pela vida...
-Cora Coralina-