Postagens

Quem Será Você

Imagem
Quem é você?
Eu sei...
E só importa eu saber
É a sombra que me atormenta
Mas por mais que tente
Por onde eu for
Você será a sombra
E eu serei a luz
Deixo que vague
Pois quero lembrar
Sempre quem é você
E saber onde eu errei
Ao te dar abrigo...
A minha mão
E você
Querer a minha destruição
Segredo que levarei
Pela eternidade
Será ali que te encontrarei
E sua máscara retirarei...

(Lucia) Direitos Autorais
Lei nº 9.610/98

Primavera

Imagem
Entre os ventos ainda frescos
Flores avisam que a primavera chegou
E as cores estão de volta
Veste-se com pequenas flores
Sentindo livres cabelos ao vento
Sentindo-se ser flor
No meio das verdadeiras flores
O verde é ainda mais verde
O sol é ainda mais quente
A chuva não parece tão fria
Sente-se ser real
No meio dos enganos doces
Que a natureza nos prepara
Você sorri e percebe que
O inverno se despede
E você...
Chegou a uma nova primavera!
Lucia

Direitos Autorais
Lei nº 9.610/98

Libélula

Imagem
Símbolo das grandes mudanças E também de ilusões
Assim é você libélula
Assustadora às vezes
Linda são suas asas
Quando a luz do sol
As fazem brilhar
Finas como a seda
Lembra-me que sou leve
E posso refletir a minha luz
Se assim eu decidir fazer...
Espero um dia poder voar
Ainda mais alto
Assim como faz ao vento
E pairar no ar
Tocar a superfície da água
Sem entrar nas profundezas
(Lucia) Direitos Autorais
Lei nº 9.610/98

Minha Sinfonia

Imagem
O sol se põe
Abre as portas para a noite
Entre o nada e as folhas
Existe música ao redor
Gentil brisa que sussurra
Através das folhas das árvores
Criando a harmonia perfeita
Não há limites no coração
O amor reside nele
Sem fronteiras
Pulsa em sinfonia
A canção da alma com amor
Harmonia no meu coração
Melodias que correm nas veias
Som em cores
Mergulham no meu ser
Embriagados pela beleza
Gratidão e alegria
Um amor infinito
A sinfonia da vida...
(Lucia) Direitos Autorais
Lei nº 9.610/98

Flor Rara

Imagem
Flor Rara meus olhos veem
Incomparável perfume
Poderia um coração emocionar
Tão linda és Flor Rara
Sonhei um dia
Ao toque sentir tua maciez
Teu veludo
Branca, cor de leite
Seria dada a mim
Bela eu desejei ter
Distintiva de tal poder
Dando um cheiro doce
Esbelta, formas perfeitas
Rara és
Única
Não se encontra em qualquer jardim
Desejariam ter-te
Mas Deus deu-te pra mim
Tenho-te sozinha
Cuido
Dou amor
Dou espaço
Deixo respirar
Onde quer que esteja
Terra fértil
Compreensão
Livro-te de pragas ervas daninha
É o que eu te dou
Flor Rara
O coração está convicto
Que será tu e mais nada...
(Lucia)

Direitos Autorais
Lei nº 9.610/98

Encontro com a Lua

Imagem
Olho a lua todas as noites
Meus sonhos partem
De um lugar
Chamado coração
Um lugar de alegria e felicidade
Livre...
Com tanta ternura
O ar que eu respiro
Secam as lágrimas
Nascem asas
A alma toma voo
Nas estrelas que brilham
E lá vou eu
Ao encontro da Lua

(Lucia) Direitos Autorais
Lei nº 9.610/98

Saudade

Imagem
Em minha memória
Sempre vem seu rosto
Olho o mar
O horizonte
Essa imensa distância
Não sei como explicar
É uma saudade que dói
Mas não machuca
Algo dizendo
Que iremos nos encontrar
É como se não existisse
A palavra nunca
E só a palavra além
Além da eternidade...

(Lucia)
Direitos Autorais
Lei nº 9.610/98

Setembro

Imagem
Suave carícia de uma brisa
Em dias de Setembro
Uma oração silenciosa nos céus
Canta uma canção de amor sem fim
Dança com as borboletas...
Os meus dias
Renascem o sonho para a vida
Peso nenhum será demais
Para suportar
Se o coração o amor é de verdade

(Lucia)
Direitos Autorais
Lei nº 9.610/98