Pular para o conteúdo principal

Postagens

As Palavras

Devo deixar as palavras do coração falar
Deixá-las extravar como música macia e mágica
Dá paz ao espírito e a alma enche de vida
As palavras sempre extravasam em mim
Essa doce e terna loucura
Quando escrevo com amor todos os poemas
São essas rimas que enchem de felicidade
A minha alma, e também o meu coração
Palavras que vivem em mim com doçura
Acalentam a minha alma e meu coração
Por essa magia dos bons e ternos pensamentos
São essas palavras que me impedem
Deixar desse desejo de escrever sempre
No papel deixo meus poemas doces
Com o coração a pulsar
O espírito calmo, a alma encantada
Voa sempre esta minha alma poeta
Nas nuvens de sonhos carregadas de amor
Para sempre permanecerá gravado no infinito
A doçura dos meus pensamentos mais ternos
Deixarei sempre que as palavras se juntem
E formem os mais lindos poemas...

Lucia Direitos Autorais
Lei nº 9.610/98
Postagens recentes

Mundo Dos Meus Sonhos

Eu vou criar um Mundo dos meus sonhos esta noite
Vou voar como pérolas no céu de estrelas
Longe e perto e tão colorido
Eu trarei luz para a minha alma
Como um sol quente e brilhante
Em meus sonhos trarei
Eu dividirei o meu amor imortal
Dos mares mais profundos até a terra
Até sentir as estrelas distantes
Através do meu coração
Eu chamo a vida para a natureza
Um Mundo Novo
Um Novo Universo
Cheio de amor
Sem nenhuma dor
E eu amarei
E isso é pra minha alma
No final eu dormirei bem...
Lucia Direitos Autorais
Lei nº 9.610/98

Amor

Amor sentimento que nos faz viver
Amor, três letras e muito significado
Que enche nosso coração com grande felicidade
Amor...
Olhar incondicional
Que damos a quem amamos
Amor faz nossa alma brilhar
É tão puro
É tão bom
Amor, três letras tão mágicas
Um sentimento
Seguidos de dois corações
E um único suspiro a dois...
Lucia

Direitos Autorais
Lei nº 9.610/98

Minha Alma

Houve um tempo
Que tínhamos a nós dois
E nossas almas
Sempre estavam juntas
Eu era o corpo
E você, minha alma
Eu era um pássaro
E você asas
Sentíamos tocados pela ternura
E voávamos juntos
Mas o destino foi cruel
Dividiu os caminhos de nossas vidas
Você optou por seguir outro destino
E me deixou como um vento
Você não é mais minha alma
Agora é um estranho pra mim
Embora os desejos do meu coração
Não estão tão longe do passado
Não consigo compreender
Hoje você tem um corpo
E a minha alma?
Onde você a perdeu?...
Lucia
Direitos Autorais
Lei nº 9.610/98

Te Amar Sem Refrão

Estrela de brilho surge
Em tempestade e dá vida
Nesse doce amor me refugio
Segura a minha mão
Seguiremos para um lugar de paz
Seus olhos vejo um coração doce
Eu preciso tanto de você
Eu preciso tanto desse amor
Quero que saiba era você desde o início
Deu-me vida através da música
Através dos sonhos
Tornou-se a esperança
O desejo para um futuro feliz
Eu agora não imagino
Minha vida sem você
Cada música que toca faz-me suspirar
O que eu sinto por você é tão doce
O tempo passa, e esse amor fica
Tudo o que sei é o desejo de te abraçar
Dar-lhe tudo de mim
Te amar sem refrão
Ter o respeito, o seu amor, seu coração
Lucia
Direitos Autorais
Lei nº 9.610/98

Ampulheta Do Tempo

Palavras sussurradas
Nada se entende
Tudo se perde...
Por dias e noites
Em busca de cores desbotadas
Cada grão de cristal do tempo
Melancolia de fragmentos da vida
Dizem restos de memórias antigas
Em vestes de pó e laços
Mantém uma relíquia
Para lembrar brincadeiras
Sorrisos e lágrimas
Palavras presas vindas do coração
De um canto do paraíso, nuvens douradas
De um canto do inferno, riso à morte
Por causa das lágrimas da vida
Como os grãos de cristais que fluem
A areia que escorre
Aquela que querem te enterrar
É a mesma areia que te fará renascer
E o tempo irá te dizer
Quem irá vencer
Não me faça esquecer a ampulheta do tempo...
Lucia

Direitos Autorais
Lei nº 9.610/98

Estradas Da Vida

No céu uma luz brilha, com a intensidade de um olhar, e aqui da varanda permito-me viajar. Outras vidas, outras memórias, que nos livros de histórias alguém tentou partilhar, que nesta vida fazem a delícia de crianças ao deitar. Por vezes sou essa criança que a escada do palácio desce pronta a dançar, e o cavaleiro destemido um beijo vem roubar. Sonhos inofensivos, que acalentam a alma como um fogo perdido, e que dão sentido a tudo que tenhamos sofrido… Sonhos, os doces sonhos. Hoje sei que nunca vou desfazer deles, eles que dão sentido a minha vida, eles que são a luz no fim do túnel quando me sinto perdida, eles que me fazem levitar como uma pluma sempre que nos permitem tocar, eles que fazem as crianças, na sua inocência, em fadas e Pinóquio acreditar. Sei também que por vezes eles ferem como punhais, e que a dor de um amor pode ser demais, mas sei que a mesma faz cada um de nós crescermos, e só com esse crescimento podemos de forma completa viver… E é assim que caminho nesta vida,…

Sonhar

Eu sonho com o amor
Os contos de fadas
Canto dos pássaros
Os campos de flores
Benção dos céus
Sonho com cachoeiras
A fluir tão docemente
Às vezes...
Precisamos de um conto de fadas
Para nos dizer que vai ficar bem
Para nos dizer que tudo ficará bem
Eu me pergunto se eles sabem
Que eu os transformo em poesia
Como abóboras em carruagem
No badalar da meia-noite
Tornam-se fadas no infinito
Lucia Direitos Autorais
Lei nº 9.610/98

Meu Amor Por você

Quando penso em tudo de bom
Que há na minha vida
Todas as coisas que eu sou grata
O nosso amor é o mais precioso
Em meu coração há muito amor para dar
Tanta ternura para compartilhar
No entanto, esse amor não teria
Para onde ir se não fosse pelo
Amor que você me dá...
Por toda admiração e natureza
Neste coração e alma será
Completamente incompleta sem você
Alma livre e amorosa, por favor
Luz em cima de mim e fica por um tempo
Percebo agora meu doce amor
Que a parte especial de mim
É realmente você!
(Lucia) Direitos Autorais
Lei nº 9.610/98

Palavras Soltas

Você vai se encontrar, quando menos esperar
Você não achará por onde está olhando
Dúvidas sobre isso...
Mas estava em meus pensamentos
Procurando amor, não...
Nem mesmo a lealdade
Procurando alguém que pudesse entender
Meus cuidados, pensamentos e honestidade
Quem pudesse simplesmente abraçar...
Alguém com a esperança
Naquilo que costumava fazer quando criança
E entre o céu, o medo, o abismo
Como uma faca, andei sem sentido
Sempre soube o que eu queria
Mas não é isso, tanta coisa errada
Sozinha eu podia me ver
Eu só pergunto, não vá agora
Minha esperança de reciprocidade, felicidade ...
(Lucia)

Direitos Autorais
Lei nº 9.610/98

Escrevo-Te Poemas

Vou escrever-lhe poemas
Reunir neles todas as cores
Para que você se lembre
Da minha presença no destino
Selecionar sílabas e rimas
Embrulhadas em laço de renda
Vou escrever-lhe poemas
Que falam em felicidade
E seus variados cheiros e sabores
Vou escrever-lhe poemas
Essa ternura é necessária
E a bondade cura a alma
O amor queima como fogo
Como uma borboleta eu voo
Abra seus braços...
Existe um doce sussurro de amor
Real no mar da felicidade
E eu estou no poder
Dos sons de uma música serena
Vou escrever-lhe poemas
Escrevo sozinha...
Comigo apenas a paz das flores
As maravilhas do Universo
Olhos e sorrisos que cativam...
(Lucia)
Direitos Autorais
Lei nº 9.610/98