Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2016

Arte De Sonhar

Arte De Sonhar

Entardecer belíssimo se instala
Mente solitária, coração dolorido
Dom algum eu tenho
Para conhecer a arte
As cores têm pintado sonhos
Longe do meu conhecimento
Luas mergulham em mares profundos
Onde a respiração enche velas
Com a brisa suave
Embarco por fronteiras através da dor
Através das sombras de olhos estranhos
Duas almas, dois corações
No cair da noite...
Meus lábios desenham seu rosto
Caindo entre as margens do tempo
Espaços vazios, doces, suaves e sublimes...Lucia

Silêncio Das Estrelas

Silêncio Das Estrelas

Um silenciar sobre a noite
Que encantamento eu vivo
Com a mente e o espírito
Não tenho outros pensamentos
Apenas o mistério da noite
Me abandono ao silêncio
Ando devagar para melhor
Sentir a minha respiração
Sentindo em mim e balança em mim
Eu reconheço o tom...
Do meu lado ninguém anda
Só os passos do ritmo cardíaco
Tudo acontece em um momento
Eu paro nada mais a ouvir
No silêncio da noite
Onde no céu há somente
O silêncio das estrelas...Lucia

Juntando Os Pedaços

Juntando Os Pedaços

Eu sabia que terminaria
Nada foi mais belo
Que os momentos que vivi
E agradeço por cada minuto deles
Hoje enfraquecida pelo destino
Machucada por tanta perda
Eu me retiro e me cubro
Defendo-me para não mais sofrer
Eu me faço chorar
Como rude fui e sou comigo
Setembro virá e irá...
Mas te guardo dentro de mim
E para onde eu for irá comigo
Assim eu me refaço
Junto cada pedaço...Lucia

Ampulheta Do Tempo

Ampulheta Do Tempo
Palavras sussuradas
Nada se entende
Tudo se perde...
Por dias e noites
Em busca de cores desbotadas
Cada grão de cristal do tempo
Melancolia de fragmentos da vida
Dizem restos de memórias antigas
Em vestes de pó e laços
Mantém uma relíquia
Para lembrar brincadeiras
Sorrisos e lágrimas
Palavras presas vindas do coração
De um canto do paraíso, nuvens douradas
De um canto do inferno, riso à morte
Por causa das lágrimas da vida
Como os grãos de cristais que fluem
Não faça esquecer a ampulheta do tempo...Lucia

Quando o amor chega

Quando o amor chega

Vagando pelas ruas sem rumo
Sem horizontes...
Perseguindo partes de você
Que não sabe mesmo o que
Querer ser outra pessoa
Porque você acha que não agrada a ninguém
Moer os sentimentos distantes
Forçar a solidão, para ficar longe
Do que te assusta mais
Você começa a cavar o fundo
Arriscando nunca mais levantar
Você acredita que o amor não acontece de novo
Porque o primeiro é o que você não esquece
Perfeito, sem paralelo...
Então o amor sai do nada e confunde os sentidos
Leva você para longe
Faz-te ver tudo em um ângulo diferente
Porque o amor vem quando quer
Quando você menos espera
Quando você pensa de ter perdido tudo
Ou que nunca teve nada...
O amor não tem que tentar...
Somos pessoas e, como tal
Temos uma metade de nós
Esperando em algum lugar...
Não devemos olhar para isso
Só temos de estar prontos para aceitar
O tempo para ser concluído...(Lucia)

Iluminada

Iluminada

Tinha o rosto iluminado do luar
Nas profundezas do seu coração
Manteve seu mundo
Escondido, oculto
Nunca revelou...
A nenhum estranho
Se encontraram por acaso
No mar ou no céu
Talvez em um vaso
De flores de corte, lírios
No entanto, no final da viagem
Longe, em uma vila perdida
Fora de mão encontrar o amor
Tinha o rosto iluminado do luar
Medos? Não... Lucia

O Olhar

(O Olhar)

Olhos que não vejo, mas sinto
Sabe como ninguém mais
Atravessar as fronteiras do impossível
Ler a alma, rir o riso
Chorar o pranto
Que desabafa as dores
Enfrenta leões e cobras
Como pedra a cantar
Espanta com força as sombras
Tem na alma a realeza
A beleza doce do mar calmo
Onde o destino possa levar
Você tem a essência das flores
Respire na velocidade do pensamento
Sem que tenha que contar o tempo
Que seja dia ou noite
Viva intensamente... (Lucia)

Me Ame

Me Ame

Enquanto você sentir o calor
Uma chama vacilante
Que sempre queima
Defenda-se dos ventos do penhasco
Tenho um pensamento
Que nunca mais quer
Amarrar suas mãos
Livrar-se do mundo ...
Embora elas seriam só a minha
Me ame
Agora que eu não tenho palavras
Para fazer você se apaixonar
Do meu silêncio
Cheio de alegria
Que você não vai ver
Me ame de novo
Será apenas os meus olhos
Para dizer-lhe a minha paixão
E os meus lábios para contar
Coisas difíceis de dizer
Nós vamos, talvez um dia
Apenas abraçar os aromas dos nossos corpos
Sem medo
Que a ausência se torne uma coisa real...Lucia

Um Pedaço De Mim

Um Pedaço De Mim
Há um lugar quente e cheio de vida
Onde todos os meus sonhos e desejos vivem
Há um lugar que nunca será preenchido
Durante os melhores momentos os piores tempos
Um ponto vazio que é feito apenas para você
É onde este local espera
Para vir e preenchê-lo ...
Eu estou te dando para lembrar
Que estou sempre aqui para você
Não importa quão longe podemos estar
Eu estou te dando um pedaço de mim
Uma parte de minha alma
Sempre que você estiver triste
Lutando para sorrir
Lembre-se que há um lugar para você
Que não tem limites e vai além das milhas
Há um lugar em mim que é somente seu
Um lugar invisível, que te ama ...
Este lugar é o meu coração. (Lucia)