Um brinde


Hoje eu quero brindar

Essa solidão que me invade

A raiva que me queima

A hipocrisia do ser humano

As coisas incertas

Ao sentimento em meu peito

Que insiste em me ferir

A indiferença do ser humano

Aos corações gelados, calejados

Um brinde aos rejeitados

Um brinde a minha ignorância

Um brinde... Um brinde

Para a minha luta inútil

Para a minha estupidez

Um brinde aos amigos

Aqueles fora do cenário

Ou seria imaginário?

Um brinde ao recomeço

Que seja sem tropeço

Porque eu mereço

Um brinde a você

Que me fez enxergar

O quanto fui ingênua

Mas nunca é tarde para acordar...

Comentários

  1. Olá boa tarde, é um belo texto mas estás a ser dura de mais contigo mesma, os brindes são feitos nas ocasiões mais alegres e propricias,uma excelente noite para ti, bjs

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde anônimo. Pode ser que esteja sendo dura comigo, mas de 1 certa maneira é pra machucar mesmo, assim aprendo a ficar no meu lugar e paro de tentar àquilo que já me foi negado e teimosa fiquei iludida. Vou cuidar da minha vida, e boa. Obrigada

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Só quero ser sua amiga

Templo dos Guerreiros

Psoríase