Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2011

Viver Eternamente

Sabe a música "Who Wants To Live Forever" fala tudo o que eu gostaria de saber. Eu realmente não quero viver para sempre. Já imaginou se fosse assim? Ter que aguentar pessoas falsas, fofoqueiras, sem ter o que fazer, então cuida da vida alheia? Isso seria horrível.
De uma maneira ou outra elas próprias estão me fazendo viver para sempre, porque estou na cabeça, boca e dedos das mesmas, mas eu pediria que me matassem em vida, seria muito bom... Não rezem por mim, eu preferia que o diabo o fizesse do que a vocês, se for comparar ele vale muito mais, isso digo na maldade que vomita... Para aqueles que têm a bíblia como livro de cabeceira, reveja isso ou devo acreditar que ela apenas enfeita a sua cabeceira? Porque ela é belíssima sobre qualquer aspecto.  Agora "ELE" esse eu sei que não julgará e perdoará todo e qualquer pecado que eu cometi ou venha a cometer...Que modéstia a parte, chega a ser nada diante de tanta mesquinhes, maldade, falsidade, etc...etc...Que vejo.

Há o…

Música e eu

Tenho estado em muito boa companhia. Ela tem ficado comigo da hora que acordo, até quando vou me deitar, adormeço com ela e viajo nos sonhos com as suas fantasias e harmonias. Estamos sempre juntas e é muito melhor que qualquer pessoa que se diz ser amigo (a). Ela sabe exatamente os meus momentos de tristezas e alegrias, minhas frustrações, recordações, raiva e por aí vai...E assim está sendo "A música e eu".
Há músicas a que regresso sempre
Outras que esqueço para nunca mais
Devo ter a alma em forma de partitura
Para não caber em todas as vozes
Não tenho batuta nem maestro que me dirija
Quando as palavras descem pelas mãos
Me instrumentam, toco-me de ouvido
Eu própria sou a partitura das notas
Que fixam os silêncios, que falam...
Viajo numa galáxia de vozes
Entre eu a música e os outros...

Não importa

Não importa onde pouse o olhar
Não importa a identidade
Nem o coração partido
Não importa a desventura
Nem as portas fechadas
Cada qual segue o seu destino...
Sigo em comboio as batidas do tempo
Atrás ficam pálidos e gélidos inimigos
Ocultos em fragrâncias exóticas
 Na face marcada risos e lágrimas
Causa e efeito de sonhos desfeitos
 Sem medo, como maestrina
Deixo vibrar o coração nas cordas da solidão

Esquecer

Não adianta tentar  Não se deixa de amar tão fácil
Sentirá falta, saudade, tristeza
Terá vontade de encontrar
Abraçar, beijar, olhar com olhos de ternura
Na estrada da vida, pode até ser que...
Com o passar das curvas e retas
Sei que pra esquecer
Vai ser preciso tentar
A vida é complicada a gente não escolhe
O Amor chega e fica...
E de uma hora pra outra
A gente acaba se cruzando de novo...

Você não está sozinha

Sonhei um horizonte tatuado
Nas pétalas que te revelam
Pintura de um mar ausente
Alimento distante e presente
Nas curvas da minha alma
Fui represa de sonhos passivos
Hoje despertei enluarada
Sem trégua, tenho o vento
Zunindo ao meu ouvido
Eu nunca estarei sozinha
Enquanto existir o "espelho"

Ilustres palavras "Amigo" "Amizade"

Eu nem ia escrever mais por aqui, mas resolvi fazê-lo. Se eu for no GOOGLE e digitar as palavras "amizade" "amigos" irá aparecer inúmeras mensagens sobre as mesmas, mas mensagem é mensagem, difícil para quem escreve ou mesmo fala e convive com o assunto é seguir àquilo que elas contém, porque eu diria que "Escrever é fácil, falar é fácil". Vamos lá, coloco vídeos onde suas letras falam bem o significado dessas palavras, agora eu gostaria mesmo de saber se seguem a risca as letras das canções. Será??? 
Não quero dar lição a ninguém, não sou perfeita, tenho erros também, mas em questão de amizade, faço valer aquilo que falo e sinto, mas já li tanta coisa que me foi enviada que me fez acreditar ser sincero. Com o passar do tempo comecei a perceber que a amizade durou pouco ou ela chegou até onde interessava. Então não era amizade e sim interesse e assim eu dispenso.
O meu melhor amigo já se foi. Hoje o meu melhor amigo é o "espelho", quando olho pra …

Caminhos

Já nem sei mais o que escrever aqui, talvez a minha inspiração tenha se perdido em algum caminho ou quem sabe me cansei de ver tanta coisa e ser tão estúpida de não cuspir aquilo que sinto, também não sei se esse seria o caminho. 


Não me importa os caminhos
Outros sentiram meus passos...
Neles já vi o que irão ver
Neles senti coisas que irão sentir...
Quer pela direita, ou pela esquerda
Vi coisas boas e aprendi...
Vi também coisas ruins e também aprendi
As surpresas estão reservadas a outros
Não me surpreendem mais...

Não faz diferença

Se eu jogo sozinha Se perco ou se ganho
Não faz diferença
Eu já estava só quando
No caminho que segues
Portanto agora seja o que for
Não perco mais o rumo
Apenas sumo e mergulho
Deixei a distração descansar
Hoje, eu alcanço a margem direita
Mesmo sem saber nadar

Palavras

Palavras, são apenas palavras Jogadas ao vento Talvez seja o momento Quem sabe o meu tormento O que realmente eu lamento Nos caminhos que andamos Incertezas, sofrimentos, ausências Melhor que não se diga nada Deixa que o tempo siga Talvez eu encontre o caminho...